segunda-feira, 23 de julho de 2012

MEU CÃO ESTÁ COM A BARRIGA INCHADA!!

Síndrome Dilatação -Torção gástrica

Um problema dos cães grandes


A síndrome dilatação - torção gástrica é uma patologia muito severa que pode levar o cão ao óbito em questão de horas. Atinge preferencialmente cães de grande porte, sendo extremamente rara em raças pequenas. Geralmente ocorre quando o cão ingere grandes quantidades de alimento ou alimentos fermentáveis e o esvaziamento do estômago é insuficiente, causando a dilatação gástrica que com a movimentação faz com que o estômago torça-se em seu eixo longitudinal, interrompendo a circulação sanguínea e não permitindo a saída do conteúdo pelo vômito ou fezes. 



O estômago dilatado comprime o abdomem provocando dificuldade respiratória e deficiente oxigenação sanguínea.



Animais agitados ou que fazem exercícios logo após a alimentação estão mais propensos a este problema. 

Suspeite da patologia se o seu cão apresentar estes sintomas: 

- inquietação 

- mal estar 

- tentativas de vomitar sem expelir nenhum conteúdo

- salivação 

- dificuldade respiratória 

- abdômem distendido 

- mucosas pálidas ou azuladas

O diagnóstico definitivo será feito pelo veterinário através de radiografia e exame clínico.

Radiografia abdominal mostrando a diltação do estômago

O tratamento deve ser instituído o mais rápido possível, e realizado sempre por um veterinário. Usa-se uma sonda naso gástrica para a descompressão do estômago. Se através deste procedimento o estômago esvaziar, então o animal teve apenas uma dilatação gástrica; porém, se a sonda não passar, o cão deverá ser submetido a uma cirurgia para voltar o estômago a sua posição normal, pois ele está com uma torção. 

A prevenção pode ser feita adotando-se algumas medidas: 

- Evitar que os cães comam muito rápido para não encher o estômago de ar

- Assim que voltar dos passeios evitar que ele ingira grande quantidade de água 

- Dividir a porção diária de alimento em duas ou três refeições 

- Usar comedouros reguláveis para que cães muito grandes não precisem abaixar muito para comer 

- Já que pode haver sensibilidade genética quanto a patologia, evitar acasalar cães que já tiveram o problema

















2 comentários:

Anônimo disse...

meu cachorro sofreu algum tipo de pancada ele agora nao que levanta mais esta com a respiraça fraca acho que ele vai morre nao tenho codiçoes de leva ao veterinario ele parece que esta com a barriga um pouco inchada minha mae falou que a porrada foi na perna e sai sangue nao quero que ele morra nao nao sei oque fazer tem algum remedio caseiro que posa fazer porque nao tenho condiçoes de leva ao medico veterrnari por favor me ajude meu emal e ticiano_26@hotmail.com

Anônimo disse...

meu email e ticiano_26@hotmail.com meu cao eu acho que ele deve ter sido atropelado nao sei mais ele esta muito mal quero que ele fique vivo ele e a minha alegria eu estava no trabalho quando soube diço ja tem 3 dias que ele esta asim estou dano mastrus pra ele com arueira nao esta adiantado nao